Buscar por:

  • Categories

Funmilayo Afrobeat Orquestra por Kika Carvalho

Coletivo de afrobeat Funmilayo formado somente por mulheres e pessoas LGBTQIAP+ apresenta músicas autorais e clássicos do estilo

Luto é verbo cairia bem como lema do coletivo de afrobeat paulistano Funmilayo Afrobeat Orchestra, formado por mulheres e pessoas LGBTQIAP+, que ostenta seu poder em alto e bom som por onde passa. Criada em 2019 pela cantora e saxofonista Stela Nesrine e pela trompetista Larissa Oliveira, a banda faz homenagem à ativista nigeriana Funmilayo Anikulapo Kuti, líder na luta das mulheres por direitos em seu país e mãe de Fela Kuti, criador do afrobeat, gênero musical que mescla elementos de jazz, funk, highlife e percussão africana. Esses mesmos ritmos marcam a sonoridade da Funmilayo, que lançou seu primeiro single, “NegrAção”, em 2019, em tributo à vereadora carioca Marielle Franco, assassinada em 2018. Nos últimos dois anos, a orquestra aprofundou as pesquisas em padrões rítmicos que se espalharam pela África e a diáspora, como salsa, samba, funk, jazz e também afrobeats, se prepara agora para voltar aos palcos presenciais e, adivinhe, vem mais coisa boa por aí!

Venda de ingressos a partir do dia 12 de outubro

R$ 40,00 para ingressos de categoria inteira e R$ 20,00 para público com Credencial Plena e aqueles elegíveis ao direito de meia-entrada, de acordo com a legislação vigente.

  • Dia 12 de outubro (Feriado) – a partir das 14h – venda online (a venda de ingressos será liberada no mesmo dia para todas as atrações do festival);
  • Dia 13 de outubro – das 14h às 19h – venda presencial (Bilheteria da unidade onde acontece a programação).
  • Limite de 4 (quatro) ingressos por pessoa.

O show também será transmitido on-line. Assista pelo YouTube @sescsp e Instagram @sescaovivo.

Ficha técnica

AfroJu Rodrigues (percussão), Ana Goes (saxofone), Bruna Duarte (baixo), Jasper Okan (guitarra e voz) Larissa Oliveira (trompete e voz), Priscila Hilário (bateria), Rosa Couto (voz e clave), Stela Nesrine (saxofone e voz), Sthe Araújo (percussão), Tamiris Silveira (teclado) e Vanessa Soares (dança)